Artigo
Comunicação

Apertem os cintos. O assistente roubou os clientes

0
tweets


likes

Tenho recebido diversas "denúncias" de arquitetos e designers de interiores que relatam terem sido enganados pelos seus assistentes que partiram levando bancos de dados (bibliotecas, listagens etc.) e até clientes. Se servir de conforto, informo que a situação não é exclusiva do ambiente desses profissionais. Acontece o mesmo com advogados, contadores, publicitários, consultores financeiros etc. Será que existe antídoto eficiente contra essa mordida? Ou se trata de algo inevitável? Vamos por partes. Copiar bancos de dados sem autorização do proprietário é uma atitude indevida e pode ser motivo de processo. Porém, é preciso tomar medidas de proteção daquilo que é mais crítico. Chame seu consultor em sistemas de informática e implante já as travas de segurança necessárias. No caso de "roubo" de clientes considero o fato de outra natureza. É como acusar a amiga de ter aliciado o marido e perdido o mesmo para aquela pessoa na qual se confiava. De fato, não há crime. Podemos considerar que no aspecto moral houve uma conduta inadequada daqueles que, até então, gozavam da confiança da pessoa que amarga a perda. Mas como evitar a paixão? Voltando para os clientes, muitas vezes a paixão está no preço mais barato que o assistente passa a cobrar pelo mesmo (?) serviço prestado. É duvidoso, mas compreensível. Levar vantagem é a tônica de muitos clientes. Mas é sempre bom avaliar se a traição não foi causada por fatores que poderiam ter sido evitados, tais como, distanciamento do cliente, situações críticas mal resolvidas etc. O melhor é tentar aprender com a crise. Entretanto, existem casos inevitáveis. Você pode tentar se proteger colocando cláusulas em contrato, proibindo o cliente de contatar pessoas da sua organização por um determinado período. Mas isso me parece utópico na realidade do mercado brasileiro. Em todo o caso, consulte seu advogado.

Faça um comentário

Agenda

Encontre-nos no facebook

Forum

Os honorários cobrados por arquitetos e designers de interiores têm sido cada vez menores ao longo dos últimos anos. Por que isso acontece?

responder pergunta

156
respostas

Vizualizar respostas